Como funciona o funil de vendas do marketing digital?

A priori, é interessante destacar que o funil de vendas do marketing digital pode ser entendido como uma combinação dos recursos desse meio, com o intuito de divulgar uma marca. Nesse sentido, o funil de vendas incentiva, de forma adequada, os seus usuários a se converterem. Dito isso, vamos entender melhor como funciona o funil de vendas a seguir. 

Ao falar em funil, percebemos que existe uma relação entre divisão de etapas, isto é, existe um topo e um fundo. Em resumo, o funil de vendas do marketing digital é o processo que uma empresa coloca em prática a fim de movimentar os clientes em potencial. Nas etapas do funil, esse usuário se tornará um cliente.

Saiba que todas as empresas, ou pelo menos a maioria, investem em divulgação, seja de forma mais assídua ou não. Sendo assim, existem diversas formas de capturar, nutrir e converter os leads. Com o funil de vendas, esses processos ficam menos complicados, por isso você deve saber como montar o seu. 

Neste momento, visualize o funil de vendas como se fosse uma pirâmide, porém, invertida. Na maior parte do funil estão os clientes em potencial, e com a diminuição do espaço, você aplica as estratégias de conversão. 

Estrutura de um funil de vendas

É interessante trazer como funciona a estrutura de um funil de vendas no marketing digital. E como vimos acima, um funil é dividido em algumas partes. Sendo assim, vamos explorar essas divisões e entender melhor sobre o tema.

Topo de um funil de vendas

No topo do funil, temos a parte superior que é o estágio de maior atenção. Afinal, aqui você deverá colocar em prática todo e qualquer esforço de marketing para direcionar a sua marca a um cliente. Ou seja, é nesse momento que os clientes em potencial conhecem o seu negócio. 

Nesse sentido, você pode investir em patrocínio em eventos locais, campanhas de branding ou publicidade nas redes sociais. Esses métodos são introdutórios e visam trazer o cliente potencial para conhecer a sua empresa. 

Contudo, para isso, você deve definir uma persona, a fim de segmentar melhor os seus esforços de marketing. O seu intuito é trazer à tona alguma das necessidades do seu cliente ideal e investir nisso. Em suma, você deverá trazer ao cliente uma solução que o interesse. 

Meio de um funil de vendas

Um funil de vendas também conta com o meio, em que a finalidade é trazer o cliente em potencial para visitar a sua página. Depois disso, é importante que ele preencha os formulários ou enquetes do seu site. Isso é importante para que a empresa possa utilizar os dados para aprimorar a produção de conteúdo, conferindo maior qualidade no que é compartilhado. 

Esse é o passo primordial na conversão de um lead, e pode ser necessário investir em uma agência de marketing digital, como a Dinamic Web. Com a Dinamic Web, você pode melhorar ou criar a sua identidade visual, manter a frequência de postagens nas redes sociais e gerir melhor os seus resultados. 

Algumas das ferramentas mais interessante para o meio do funil são o marketing de conteúdo, SMS marketing, redes sociais, chatbot marketing e afins. 

Fundo de um funil de vendas

No fundo, temos o momento crucial dessa conversão, que é o momento em que o usuário decide se tornar um cliente da sua empresa – e esse processo é a conversão de vendas. No geral, as conversões são capazes de definir o sucesso ou não do seu funil. 

Se você possui clientes no fundo desse funil, é preciso investir em uma última motivação para que ele concretize essa compra ou contratação de serviços. Por exemplo, caso um cliente tenha chegado a incluir produtos no carrinho, mas não finalizou, você pode motivar de alguma forma. A maneira mais comum é oferecer frete grátis ou descontos. 

Como montar o meu funil de vendas do marketing digital? 

Agora que você já tem uma noção geral sobre o que é o funil de vendas do marketing digital, chegou o momento de montar o seu. Portanto, caso você queira obter sucesso na conversão de vendas, entenda melhor como ter o seu próprio funil de vendas. 

Defina o produto que será oferecido 

O primeiro passo é definir qual o produto que será oferecido para os clientes, ou serviços, a depender da empresa. No entanto, é importante ter atenção com os detalhes expostos na oferta, pois são capazes de atrair novos clientes. 

Para esse momento, leve em consideração o custo do produto, as formas disponíveis para pagamento e o formato da oferta (se será digital ou físico). Outros fatores são a entrega (por exemplo, download, e-mail ou afins) e os componentes. Este último se refere a toda e qualquer informação que o produto traz consigo. 

Trace a persona – ou cliente ideal 

Agora que você definiu o produto, é de suma importância ter em mente quem é o cliente ideal para consumir esse produto, ou seja, a sua persona. Não há como fazer uma divulgação coerente sem saber quem será o público atingido e para quem você quer vender. 

Saiba que a persona pode ser revisada a qualquer momento, já que, ao longo da venda, é comum que alguns fatores mudem. Além disso, você pode ter mais de uma persona, isso depende da estratégia adotada. Para isso, detalhe ao máximo a persona, trazendo elementos como idade, gênero, endereço, estado civil, profissão, desejos, anseios e problemas. 

Crie uma oferta tentadora 

Após ter o produto ou serviço perfeito para um cliente ideal, chegou o momento de criar uma oferta com elementos atrativos, tornando-a irresistível. No geral, as empresas costumam criar uma página de vendas específica para esse momento, e nela você insere a oferta, as informações do produto e explicações sobre o item. 

Uma estratégia interessante é inserir as vantagens de usar ou contratar esse produto/serviço, tornando ainda mais tentadora a oferta. Por fim, você deve inserir um formulário para colher informações do cliente em potencial. Oferte ainda um guia de instrução, vídeos interativos, e-books, apps e outros. 

Automatize o fluxo de mensagens 

Após a inscrição de um cliente no seu formulário, ele vai enviar alguns dados de contato. Com eles, você pode investir em um software para automatizar o fluxo de mensagens. Assim, será possível o envio de lembretes, conteúdo, boas-vindas e afins para o cliente. 

Tenha a sua landing page

Como foi dito acima, você pode criar uma landing page a fim de alavancar as conversões de venda. Nessa página, insira um título direto e objetivo, trazendo o que está sendo oferecido. Inclua, ainda, benefícios da oferta e gráficos simples. Por fim, insira um local para a inclusão de e-mail ou outras formas de contato. 

Direcione para a página todo o tráfego 

Para que você consiga direcionar para a sua página o tráfego, invista em algumas ações, como a produção recorrente de conteúdo em mídias sociais. Além disso, incentive o compartilhamento de conteúdo. 

Não se esqueça de aplicar estratégias de SEO, que otimizam o site em buscadores. Outra opção é investir em anúncios nas plataformas Facebook Ads ou Google AdWords. 

imagem logo da Dinamic WebTeste o seu funil 

Por fim, a nossa última dica é que você teste esse funil, com o intuito de entender o que pode ser mantido, substituído ou excluído. Para isso, utilize indicadores que demonstram o desempenho, de forma a obter mais rápido o seu objetivo esperado. 

Ao criar um funil de vendas forma adequada, você percebe alguns benefícios, como leads qualificados, visibilidade no mercado que está inserido e a melhora da receita do negócio. 

Caso você queira ter um funil de vendas de qualidade, conte com a ajuda a nossa ajuda e melhore a conversão de clientes da sua marca. 

Clique aqui para falar com os nossos consultores.

Modelos de copy de vendas de 9 dígitos

O marketing digital é um segmento que ganhou força para muitas empresas obterem mais clientes uma maior rentabilidade. Dessa forma, estratégias como criação de copys para vendas são imprescindíveis. Neste artigo, destacaremos alguns modelos de copy de vendas de 9 dígitos. Quer saber mais? Então, acompanhe!

Antes de tudo, você precisa entender que, por mais difícil que possa parecer, a produção de um copy fará toda a diferença para atrair leads para negócios e fazer deles clientes. Ou seja, para uma empresa, com a amplitude que a internet oferece, trata-se de uma estratégia diferenciada.

Isso porque ela vai estabelecer que você chegue a seu principal objetivo: mais clientes revertendo em mais vendas. Enfim, é preciso muita atenção para esse instrumento de persuasão que é a produção de copys. 

É com esse enfoque, o de trazer a melhor forma de fazê-los, assim como modelos para inspirar você, que apresentamos esse artigo. Afinal, essa poderosa ferramenta de marketing digital é essencial para conquistar mais vendas para seu negócio ou para os clientes que deseja divulgar na internet. 

Marketing digital: conjunto de ações que repercutem para empresas

O marketing digital é um conjunto de ações que são estruturadas para divulgação de produtos ou serviços, posicionando a empresa com relevância na internet. Dessa forma, tem-se uma série de medidas direcionando-as para o âmbito do universo digital. 

Por isso, o empreendedor pode utilizar esse composto de técnicas que iniciam do planejamento até a execução de ações para identificar o público-alvo. A partir disso, verificar suas necessidades e interesses de leads, transformando-os em clientes.

O copy é uma dessas ações estratégicas que pode oferecer resultados satisfatórios para muitas empresas com atuação na internet. Isso porque ela poderá trazer mais visibilidade de uma marca por meio de sites, blogs e também nas redes sociais.

O que é o copy?

Copy é abreviatura de “Copywriting”. Termo que significa uma estratégia dentro das várias ações de marketing digital que visa a utilização de técnicas para produção de conteúdo, por exemplo, para sites e blogs. 

Para chegar ao objetivo principal que é o foco na conversão de leads para transformá-los em clientes, precisa-se que o copy tenha um estilo persuasivo para as pessoas que se busca alcançar. Portanto, no copy precisa-se também a adoção de estratégias que vão dar esse foco.

Uma delas é o uso de palavras-chave. Termos que vão representar a mensagem da marca ou do produto ou do serviço que você deseja evidenciar. Essas palavras devem estar postas em pontos prioritários, como a abertura do texto, no primeiro parágrafo. Além disso, a repetição delas ao longo do texto, pode reforçar a mensagem que a empresa busca tornar enfática.

Assim, o redator (o copywriter) precisa focar na identificação da Persona – a personificação do cliente que deseja atingir com o conteúdo de seu copy – e cativá-lo a partir do texto que produz. 

Por isso, ao apostar no copy e, ter êxito no alcance desse conteúdo, faz com que muitas empresas apostem nessa ferramenta para conseguir mais destaque no ambiente digital. 

Quais os objetivos do copy

Os objetivos que se busca alcançar com a produção de copys são vários, mas o que podemos destacar são os seguintes:

  • Aumentar a captação de leads que poderão se tornar novos clientes para a empresa.
  • Reduzir os gastos com métodos tradicionais de divulgação em anúncios.
  • Fazer com que essa ação possa ser convertida em mais vendas para a empresa.

Estrutura para um modelo de copy de vendas

Um dos mais populares exemplos de modelo de copy de vendas que é utilizado para o marketing digital é o A.I.D.A. – sigla para definir o enfoque desse conteúdo em: Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

Veja como cada letra indica uma ação para copy de vendas:

  • Atenção – Iniciativa para despertar o interesse do público-alvo, quase sempre com uma oferta que visa cativar;
  • Interesse – Medida para fortalecer o interesse do cliente, para isso apresente benefícios;
  • Desejo – Importante para atração do cliente, indo além mostrando que mais do que o benefício apresentado anteriormente, possa ter mais benefícios.
  • Ação – É o momento em que se chama o cliente para a ação. É quando se informa sobre o próximo passo, ou seja, fazer o cadastro no site, comprando o produto ou acessar o serviço. 

Exemplo de modelo de copy de venda A.I.D.A.

Olá, como vai?

Chegou a vez de aumentar as suas vendas na internet! Quer saber como?

Então, acompanhe a nossa mensagem!

Nós preparamos para você uma ação online que ampliará suas vendas em poucos dias.

E é muito simples!

Basta entrar em contato com nossa agência e apresentaremos planos de marketing eficientes para sua empresa. Você poderá ter uma ação efetiva de vendas, investindo poucos recursos e com muitas vantagens para seus negócios.

O nosso propósito oferecer mais vendas para sua empresa, a um custo acessível.

Pra saber mais, é só acessar o link abaixo ou nos entrar em contato com nossos canais de comunicação.

Coloca-se o link.

E também coloca-se o endereço da agência. 

Outros modelos de copys de vendas

Muitas agências apostam em quatro tipos de modelos de copys de vendas direcionadas para páginas de vendas; páginas de entrada; e-mails de vendas e postagens para blogs.

Para a página de vendas:

A estrutura de texto para esse modelo se organiza da seguinte maneira:

  • Título do texto
  • Introdução da mensagem
  • Oferta que será divulgada
  • Preço que será destaque
  • Divulgação de depoimentos
  • Conclusão com apelo à ação

Para a página de entrada

A estrutura de texto para o modelo a seguir é menor e corresponde a:

  • Título do texto
  • Oferta que será divulgada
  • Benefícios que o cliente terá
  • Ação para que a pessoa opte em participar.

Para o e-mail de vendas

Desenho de um envelope amarelo com um cartão escrito "Hello"A estrutura do texto será de forma para que a mensagem seja encaminhada para a lista de contatos de e-mail da empresa. Ela se estrutura como:

  • Assunto
  • Uma saudação para os clientes
  • Abertura da mensagem
  • Relato de uma história a partir de um depoimento de usuário do produto ou serviço
  • Convite para uma ação de adesão
  • Uma conclusão com um toque pessoal

Para um blog de vendas

Mensagem mais leve em termos de conteúdo para atrair a atenção do público-alvo, divulgando assuntos que podem reverter em vendas para a empresa.

A estrutura é a seguinte:

  • Uma abertura do texto
  • Um gancho para o assunto que será abordado
  • Ação para que o cliente apoio ou que venha a aderir a alguma iniciativa da empresa
  • Conclusão

Modelo para vendas de 9 dígitos

Um modelo de copy de 9 dígitos precisa conter conteúdo para cada um dos dígitos da estrutura que vai conter a mensagem. Dessa forma, podemos pensar num modelo com a seguinte estrutura:

  • Título da mensagem
  • Saudação ao destinatário
  • Introdução sobre o que será abordado
  • A divulgação da oferta, seja em produto ou serviços
  • Preço como elemento diferenciado
  • Depoimentos de usuários
  • Apelo para que o cliente adote à ação
  • Conclusão
  • Agradecimento

Dessa forma, o modelo de um copy de 9 dígitos pode ser exemplificado como:

1 – Título da mensagem – Coloque um título atrativo e que traga curiosidade para o cliente.

2 – Saudação ao destinatário – Acrescente a saudação como forma de humanizar a mensagem ao destinatário.

3 – Introdução – Na introdução, o importante é expor o problema, falar da demanda que o público-alvo tem e que precisa ser solucionada.

4 – Divulgação da oferta – É aqui que você apresentará a solução para o problema, apresentado as qualidades da oferta, seja ela um produto ou serviço.

5 – Preço – Outro benefício dentro do benefício anterior. A solução para o problema com o produto e o serviço com um preço diferenciado no mercado.

6 – Depoimentos – Serve para dar mais credibilidade à empresa. Utilize depoimentos de clientes para demonstrar o sentido de confiabilidade em investir em produtos e serviços da empresa.

7 – Apelo para a ação – Momento da mensagem em que se busca o apoio do usuário em adquirir o produto ou serviço que é apresentado.

8 – Conclusão – Finalização do conteúdo da mensagem, em que se busca novamente a adesão do usuário, deixando contatos para retorno ou algum link para se cadastrar ao site. 

9 – Agradecimento – Deixe um agradecimento para  que, assim no começo do copy, você mantenha um sentido de humanização para toda mensagem encaminhada ao usuário.

imagem logo da Dinamic WebDinamic Web: uma agência que busca mais receita para seus clientes

O marketing digital é uma área que visa trazer mais receitas e atração de clientes para a empresa. Por isso, tanto para a produção de copys, assim como outras ações de marketing na internet, é muito importante o apoio de empresas especializadas no segmento. 

Uma dessas empresas é a nossa agência de marketing digital Dinamic Web, nós contamos com uma equipe altamente qualificada e atualizada no que existe de mais novo em marketing digital.

Por isso, a agência desenvolve soluções personalizadas para as empresas na conquista de resultados para os clientes. 

Serviços da Dinamic Web para solucionar demandas das empresas:

Veja alguns dos serviços em marketing digital: 

  • Produção de sites de alto desempenho para atração de clientes.
  • Desenvolvimento de lojas virtuais que facilitarão os seus negócios e aumentarão a visibilidade da empresa.
  • Gestão do Google ADS para a obtenção de mais visitas em seu site.
  • Gestão do Facebook voltado para que sua loja virtual tenha maior alcance a clientes em potencial.
  • Produção de uma identidade visual para a empresa ter mais força perante o público.

Muito mais em marketing digital

Esses são os serviços realizados em área de marketing digital para empresas que nós a Dinamic Web oferecemos para os clientes que desejam ampliar seus negócios. 

Portanto, para ter mais informações de ferramentas estratégicas para marketing digital, fale com os nossos consultores.  Com eles você encontrará a solução acertada para aumentar as vendas da sua empresa.

A agência conta com uma equipe especializada para atender da melhor forma as empresas que almejam atrair mais leads; conquistar um crescente em número de clientes e alcançar mais renda para sua empresa. Não perca tempo e entre em contato conosco.

Imagem de um homem vestido de terno mexendo em um laptop

5 Maneiras dos Advogados Captarem Clientes

Imagem de um homem vestido de terno mexendo em um laptop Todo profissional, hoje em dia, tem uma certa dificuldade para captar clientes, afinal, estamos diante de uma nova realidade. O atual cenário conta, em especial, com o marketing digital e demais ferramentas tecnológicas. No entanto, nem todos os profissionais se adequaram a isso. Dito isso, confira a seguir 5 maneiras de os advogados captarem clientes. 

Que os advogados precisam de clientes isso não é uma novidade, mas você sabe como fazer isso? A priori, destaca-se que essa é uma atividade frequente e necessita de continuidade. Pensando nisso, separamos algumas dicas que podem te auxiliar nesse momento. 

Como captar mais clientes para o meu escritório? 

Inicialmente, é interessante ressaltar que os advogados não podem fazer publicidade livre, como a maioria dos outros profissionais. No caso desses profissionais, é preciso seguir o disposto no Código de Ética da OAB, com as suas devidas restrições no que se refere à mercantilização dessa profissão.

Há muito tempo, a captação de clientes ocorria apenas no famoso “boca a boca”, e esse continua sendo um diferencial para o seu escritório. Então, para isso, é importante investir em uma boa experiência pós atendimento. Assim, o seu cliente recomendará os serviços do seu escritório para outra pessoa. 

No entanto, essa não é uma estratégia suficiente para os dias de hoje, tendo em vista a tecnologia e as suas ferramentas derivadas. 

Como é possível prospectar clientes para o meu escritório? 

Muito se comenta sobre a advocacia ser um mercado já saturado e com muitos profissionais. Com isso em mente, você deve pensar em estratégias que destaquem o seu escritório, se tornando uma preferência para os clientes. 

Nesse cenário, vemos como é importante contar com o marketing jurídico, que hoje é uma ferramenta primordial na captação e prospecção de clientes. Através de uma estratégia muito bem elaborada, você poderá prospectar muitos clientes. 

Onde estão os clientes? 

Essa é uma pergunta imprescindível para que você inicie a sua estratégia – na verdade, essa prática é anterior ao marketing na prática. Inicialmente, você deve saber onde estão os seus clientes, a fim de produzir algo de forma específica. 

O marketing jurídico digital é muito importante, mas não exige uma regra para a sua aplicação. Apesar de termos hoje em dia um leque enorme de redes sociais, você precisa focar em uma opção e seguir com ela aplicando as suas estratégias direcionadas. 

Estratégias para os advogados captarem clientes 

Para captar clientes, você deve desenvolver uma estratégia elaborada e capaz de atrair a atenção desse público. 

Estratégia a curto prazo 

A curto prazo, você, como advogado, pode optar pelo Google Ads, por exemplo. Através dessa ferramenta, você poderá comprar palavras-chave em um leilão, garantindo a presença do seu escritório logo na primeira página de resultados de busca. 

Estratégia a longo prazo 

A estratégia a longo prazo mais utilizada hoje é a de produção de conteúdo, utilizando as técnicas de SEO. Essas técnicas são responsáveis por melhorar o ranqueamento da sua página, garantindo uma certa autoridade digital, além de resultados consistentes. 

Dicas para os advogados captarem clientes 

Com o intuito de se adaptar a essa nova realidade, você, enquanto advogado, precisa de algumas ferramentas que auxiliem na captação de clientes. Pensando nisso, nós trouxemos 5 dicas para você que pretende melhorar a prospecção de clientes e, consequentemente, o seu leque de oportunidade. 

Destaca-se, somente, que o marketing jurídico é, de fato, o caminho ideal para o seu sucesso. Por esse motivo, você precisa investir nessa estratégia com o objetivo de expandir o seu escritório de advocacia e criar autoridade no meio digital. Com isso, não tenha medo de errar e criar conexões com quem você imagina ser frutífero. Começar é o primeiro passo! 

Desenho de vários logos das redes sociaisInvista em redes sociais para divulgar o seu trabalho 

Uma dica para captar clientes é investir em redes sociais, pois a maioria das pessoas está nesse meio, logo, você precisa se inserir também. A premissa das redes sociais para os advogados é criar uma relação de proximidade com os seus clientes, gerando credibilidade e fortalecimento do escritório. 

Portanto, conclui-se que as redes sociais são capazes de gerar um valor para o público-alvo, sendo uma etapa primordial para construir a sua autoridade digital. Essas redes sociais devem ser as mais conhecidas e usadas, como Instagram, LinkedIn, Facebook e outras. 

Palavras-chave para buscas no Google

Outra dica é que você pense em uma palavra-chave, ou mais de uma, que resuma os seus serviços. Esse exercício deve ser feito do ponto de vista dos clientes, como um assunto muito pesquisado por esse grupo. 

Ao pensar nisso, você está visualizando as palavras que devem estar no seu conteúdo ou em ascensão nas páginas. Afinal, com essa prática, você terá destaque no Google, aplicando o marketing jurídico. 

Com certeza estar em destaque nos resultados de busca é um objetivo comum entre os advogados. Porém, saiba que isso leva um certo tempo, dedicação e investimento. 

Crie conteúdo com base nas dúvidas

Os advogados costumam ter uma proteção quando o assunto é dúvida jurídica, em especial quando isso ocorre fora do seu escritório e sem nenhum pagamento. Isso ocorre porque os profissionais da área costumam confundir dúvidas de consulta, e é preciso saber separar. 

As dúvidas simples dos seus clientes devem ser usadas como impulso para o seu conteúdo. E essa é uma estratégia incrível, afinal, você está sanando dúvidas de forma gratuita em suas redes sociais e comprovando que tem habilidade para casos como esse. 

Claro que você não deve divulgar as suas estratégias profissionais, contudo, dúvidas comuns podem sim ser abordadas de forma genérica. Essa é uma forma de introduzir os seus serviços. 

Preze por um conteúdo de valor

A partir do momento que investimos na produção de conteúdo, vemos que é necessário ter frequência. Entretanto, essa recorrência não deve influenciar no valor do conteúdo que você está entregando para as pessoas. 

Por isso, traga sempre algo que possa realmente agregar na vida de alguém, e se os textos forem longos, opte por parágrafos mais curtos e uma fluidez nesse texto. 

Call to action – com atenção ao Código de Ética

Por fim, a nossa última dica é que você insira o conhecido call to action em suas ações, porém, sempre com atenção ao Código de Ética da OAB. A OAB traz um pensamento muito específico sobre propaganda e a mercantilização, isto é, evite demonstrar que os seus serviços são vendidos. 

Nesse sentido, foque na informação que você está entregando para as pessoas, impactando de forma positiva e sem enganar nenhum cliente. 

imagem logo da Dinamic WebSaiba o que você está fazendo 

Por fim, é interessante ressaltar que você deve saber o que está fazendo. Embora os resultados do marketing jurídico sejam muito atrativos, é necessário ter bem definido o que você deve fazer, quais práticas serão benéficas para o seu escritório e como fazer tudo isso de forma ética, sem ferir o Código da OAB. 

Portanto, a nossa recomendação é que você planeje muito bem como será o seu marketing jurídico, a fim de não começar de forma improvisada essas estratégias. Se possível busque um profissional para te auxiliar, como nós a Dinamic Web, que somos especialista em marketing para advogados. Com isso, fale com os nossos consultores agora e comece agora a captar clientes!