5 Maneiras dos Advogados Captarem Clientes

Sumário Rápido

Imagem de um homem vestido de terno mexendo em um laptop Todo profissional, hoje em dia, tem uma certa dificuldade para captar clientes, afinal, estamos diante de uma nova realidade. O atual cenário conta, em especial, com o marketing digital e demais ferramentas tecnológicas. No entanto, nem todos os profissionais se adequaram a isso. Dito isso, confira a seguir 5 maneiras de os advogados captarem clientes. 

Que os advogados precisam de clientes isso não é uma novidade, mas você sabe como fazer isso? A priori, destaca-se que essa é uma atividade frequente e necessita de continuidade. Pensando nisso, separamos algumas dicas que podem te auxiliar nesse momento. 

Como captar mais clientes para o meu escritório? 

Inicialmente, é interessante ressaltar que os advogados não podem fazer publicidade livre, como a maioria dos outros profissionais. No caso desses profissionais, é preciso seguir o disposto no Código de Ética da OAB, com as suas devidas restrições no que se refere à mercantilização dessa profissão.

Há muito tempo, a captação de clientes ocorria apenas no famoso “boca a boca”, e esse continua sendo um diferencial para o seu escritório. Então, para isso, é importante investir em uma boa experiência pós atendimento. Assim, o seu cliente recomendará os serviços do seu escritório para outra pessoa. 

No entanto, essa não é uma estratégia suficiente para os dias de hoje, tendo em vista a tecnologia e as suas ferramentas derivadas. 

Como é possível prospectar clientes para o meu escritório? 

Muito se comenta sobre a advocacia ser um mercado já saturado e com muitos profissionais. Com isso em mente, você deve pensar em estratégias que destaquem o seu escritório, se tornando uma preferência para os clientes. 

Nesse cenário, vemos como é importante contar com o marketing jurídico, que hoje é uma ferramenta primordial na captação e prospecção de clientes. Através de uma estratégia muito bem elaborada, você poderá prospectar muitos clientes. 

Onde estão os clientes? 

Essa é uma pergunta imprescindível para que você inicie a sua estratégia – na verdade, essa prática é anterior ao marketing na prática. Inicialmente, você deve saber onde estão os seus clientes, a fim de produzir algo de forma específica. 

O marketing jurídico digital é muito importante, mas não exige uma regra para a sua aplicação. Apesar de termos hoje em dia um leque enorme de redes sociais, você precisa focar em uma opção e seguir com ela aplicando as suas estratégias direcionadas. 

Estratégias para os advogados captarem clientes 

Para captar clientes, você deve desenvolver uma estratégia elaborada e capaz de atrair a atenção desse público. 

Estratégia a curto prazo 

A curto prazo, você, como advogado, pode optar pelo Google Ads, por exemplo. Através dessa ferramenta, você poderá comprar palavras-chave em um leilão, garantindo a presença do seu escritório logo na primeira página de resultados de busca. 

Estratégia a longo prazo 

A estratégia a longo prazo mais utilizada hoje é a de produção de conteúdo, utilizando as técnicas de SEO. Essas técnicas são responsáveis por melhorar o ranqueamento da sua página, garantindo uma certa autoridade digital, além de resultados consistentes. 

Dicas para os advogados captarem clientes 

Com o intuito de se adaptar a essa nova realidade, você, enquanto advogado, precisa de algumas ferramentas que auxiliem na captação de clientes. Pensando nisso, nós trouxemos 5 dicas para você que pretende melhorar a prospecção de clientes e, consequentemente, o seu leque de oportunidade. 

Destaca-se, somente, que o marketing jurídico é, de fato, o caminho ideal para o seu sucesso. Por esse motivo, você precisa investir nessa estratégia com o objetivo de expandir o seu escritório de advocacia e criar autoridade no meio digital. Com isso, não tenha medo de errar e criar conexões com quem você imagina ser frutífero. Começar é o primeiro passo! 

Desenho de vários logos das redes sociaisInvista em redes sociais para divulgar o seu trabalho 

Uma dica para captar clientes é investir em redes sociais, pois a maioria das pessoas está nesse meio, logo, você precisa se inserir também. A premissa das redes sociais para os advogados é criar uma relação de proximidade com os seus clientes, gerando credibilidade e fortalecimento do escritório. 

Portanto, conclui-se que as redes sociais são capazes de gerar um valor para o público-alvo, sendo uma etapa primordial para construir a sua autoridade digital. Essas redes sociais devem ser as mais conhecidas e usadas, como Instagram, LinkedIn, Facebook e outras. 

Palavras-chave para buscas no Google

Outra dica é que você pense em uma palavra-chave, ou mais de uma, que resuma os seus serviços. Esse exercício deve ser feito do ponto de vista dos clientes, como um assunto muito pesquisado por esse grupo. 

Ao pensar nisso, você está visualizando as palavras que devem estar no seu conteúdo ou em ascensão nas páginas. Afinal, com essa prática, você terá destaque no Google, aplicando o marketing jurídico. 

Com certeza estar em destaque nos resultados de busca é um objetivo comum entre os advogados. Porém, saiba que isso leva um certo tempo, dedicação e investimento. 

Crie conteúdo com base nas dúvidas

Os advogados costumam ter uma proteção quando o assunto é dúvida jurídica, em especial quando isso ocorre fora do seu escritório e sem nenhum pagamento. Isso ocorre porque os profissionais da área costumam confundir dúvidas de consulta, e é preciso saber separar. 

As dúvidas simples dos seus clientes devem ser usadas como impulso para o seu conteúdo. E essa é uma estratégia incrível, afinal, você está sanando dúvidas de forma gratuita em suas redes sociais e comprovando que tem habilidade para casos como esse. 

Claro que você não deve divulgar as suas estratégias profissionais, contudo, dúvidas comuns podem sim ser abordadas de forma genérica. Essa é uma forma de introduzir os seus serviços. 

Preze por um conteúdo de valor

A partir do momento que investimos na produção de conteúdo, vemos que é necessário ter frequência. Entretanto, essa recorrência não deve influenciar no valor do conteúdo que você está entregando para as pessoas. 

Por isso, traga sempre algo que possa realmente agregar na vida de alguém, e se os textos forem longos, opte por parágrafos mais curtos e uma fluidez nesse texto. 

Call to action – com atenção ao Código de Ética

Por fim, a nossa última dica é que você insira o conhecido call to action em suas ações, porém, sempre com atenção ao Código de Ética da OAB. A OAB traz um pensamento muito específico sobre propaganda e a mercantilização, isto é, evite demonstrar que os seus serviços são vendidos. 

Nesse sentido, foque na informação que você está entregando para as pessoas, impactando de forma positiva e sem enganar nenhum cliente. 

imagem logo da Dinamic WebSaiba o que você está fazendo 

Por fim, é interessante ressaltar que você deve saber o que está fazendo. Embora os resultados do marketing jurídico sejam muito atrativos, é necessário ter bem definido o que você deve fazer, quais práticas serão benéficas para o seu escritório e como fazer tudo isso de forma ética, sem ferir o Código da OAB. 

Portanto, a nossa recomendação é que você planeje muito bem como será o seu marketing jurídico, a fim de não começar de forma improvisada essas estratégias. Se possível busque um profissional para te auxiliar, como nós a Dinamic Web, que somos especialista em marketing para advogados. Com isso, fale com os nossos consultores agora e comece agora a captar clientes!

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *